Tradições de baile de quinze anos: brega ou chique?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Debutante dança com seu par em uma pista de dança enquanto convidados olham.

O baile de quinze anos é uma celebração repleta de tradições que passam de geração para geração. Mesmo com tantas mudanças na sociedade e no perfil das debutantes, há passagens que são mantidas e representam momentos especiais na vida das jovens, por exemplo, a valsa com o pai, que além de linda e emocionante, marca a transição da aniversariante da infância para a vida adulta.

Mas, será que as tradições do baile de quinze anos são bregas ou algo chique? Essa é uma pergunta comum e que fica no pensamento das jovens que estão na fase de planejar o seu grande dia. 

Antes de falar detalhes das tradições do baile de quinze anos e mostrar se elas são bregas ou chiques, é importante ressaltar que, para ser especial, a festa precisa ter a cara da jovem, incluindo seus gostos. Sendo assim, o tradicional ou o moderno são apenas questões de escolha e preferências.

Para te ajudar nesse processo de decisão, reunimos na sequência deste artigo informações sobre as principais tradições e como elas se encaixam nos diferentes perfis de debutantes. Não perca!

Conheça as tradições mais fortes do baile de quinze anos

O baile de quinze anos é uma celebração bastante antiga. A ideia inicial dessa festa era comemorar o aniversário das jovens e apresentá-las oficialmente para a sociedade. Nessas ocasiões, a valsa era um dos momentos mais aguardados, pois a debutante tinha a oportunidade de dançar com outros jovens e, assim, ver se um deles poderia ser o seu tão sonhado “príncipe encantado”.

baile de quinze anos

Hoje, a proposta do baile de quinze anos já não é mais a mesma. As jovens querem comemorar esse momento especial ao lado dos familiares e amigos, curtindo uma balada bem animada e saboreando os quitutes que os adolescentes mais amam. Porém, mesmo com esse formato moderno das atuais festas de 15 anos, algumas tradições são mantidas, como:

  • Valsa com o pai e com o príncipe (namorado ou modelo contratado para essa função) 
  • Troca do sapatinho pelo salto alto (representando a entrada na vida adulta)
  • Troca da boneca para um buquê de rosas (representando a entrada na vida adulta)
  • Participação dos 15 casais no baile de debutante

Afinal, seguir as tradições é brega ou chique?

Bom, vimos no tópico a seguir que há muitas tradições no baile de quinze anos que continuam presentes nas festas atuais, algumas com pequenas atualizações. Porém, as meninas do século XXI costumam ficar em dúvida se seguir as tradições é algo brega ou chique.

Essa decisão dependerá do que a jovem quer para a sua festa. Se a celebração for mais tradicional, em um buffet requintado, com vestido longo e a valsa como pontos primordiais, seguir as tradições pode ser sim algo muito interessante e chique. Mas, se o perfil da jovem é totalmente diferente desse formato, talvez uma festa moderna e com outros tipos de atração pode ser mais interessante, por exemplo, uma balada super animada com pista de LED e projeção mapeada.

No artigo de hoje, mostramos as principais tradições do baile de quinze anos e como elas se adaptam aos diferentes perfis de debutantes. Se você curtiu as dicas e quer continuar aprendendo sobre o assunto, veja também em nosso blog o post que apresenta 4 coreografias para abrir a balada da sua festa de 15 anos.

 


Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×